Estudantes de 94 cidades dão voz à juventude mineira no encerramento do PJ Minas 2019

por adm publicado 30/09/2019 12h36, última modificação 30/09/2019 12h36

“Solte o cabelo, prenda o seu preconceito” foi o enunciado de uma das 16 propostas de enfrentamento ao preconceito entregues à ALMG sobre o tema Discriminação Étnico-racial

Entre os dias 18 e 20 de setembro, 124 estudantes mineiros do Ensino Médio de escolas públicas e particulares do Estado estiveram em Belo Horizonte participando da Plenária Estadual do Parlamento Jovem de Minas 2019. Eles representam 4.073 jovens que participaram do projeto deste ano e agora votam as propostas finais sobre o tema discriminação étnico-racial.

Depois de um intenso processo de discussão, por vários meses, nas escolas e nas câmaras municipais das 94 cidades participantes, os jovens priorizaram 16 sugestões que compõem o documento final do PJ Minas 2019, entregue à Comissão de Participação Popular da Assembleia. A comissão dará os encaminhamentos que julgar necessários, podendo, inclusive, transformá-las em projetos de lei ou pedidos de informações ou providências ao Poder Público.

Andradas foi representada pelo jovem Vinycius Gabriel Oblonczyk, aluno da Escola Estadual “Dr. Alcides Mosconi”, que participou de todas as etapas do PJ 2019 (Municipal e Regional), além de já ter sido aluno do Programa Câmara Jovem e também da Gincana do Saber, no ano de 2017.

Durante as atividades da Etapa Estadual, os jovens tiveram, no primeiro dia, momentos de entrosamento, para se conhecer e discutir as propostas para o tema 2020 (os temas foram sugeridos pelos jovens nas Plenárias Regionais e selecionados, em número de três, pela ALMG).

No segundo dia os jovens discutiram novamente, porém de forma oficial, as propostas de tema para 2020. O assunto escolhido pela maioria foi “Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável”. Também neste dia participaram de grupos de trabalho para discussão das propostas encaminhadas pelas Coordenações Regionais. Cada grupo priorizou quatro propostas das mais de trinta que receberam pela manhã. Tais proposições compuseram o documento oficial da Plenária Estadual.

Para conclusão dos trabalhos, no terceiro e último dia, foi realizada a Plenária Estadual do Parlamento Jovem. Neste evento, todos os jovens presentes puderam dar suas opiniões e sugestões – destaques – em cada uma das 12 propostas vindas dos grupos de trabalho do dia anterior.

Após mais de seis horas de discussões houve a compilação das propostas e sua entrega ao membro efetivo da Comissão de Participação Popular da Assembleia, o deputado André Quintão. A proposta que visa a introdução nas escolas do projeto tem como objetivo “estimular as crianças a se empoderarem, além de combater o bullying, desde o ensino fundamental ao ensino médio”. Ela foi defendida pelos participantes como possibilidade de fazer um contraponto aos padrões estéticos vigentes e de valorizar características inerentes à construção da identidade negra.

“Tão importante quanto as propostas apresentadas é o ingresso e a efetivação dos jovens na vida pública; com o projeto, mais de 4.000 jovens do Estado de Minas Gerais puderam ter acesso aos seus Legislativos, puderam aprender como são as discussões de políticas públicas, como são os investimentos públicos, como nascem as leis, como ser cidadãos”, ressaltou o diretor da Escola do Legislativo Vereador Professor Paulo Afonso de Lima, João Carlos Expedito de Souza.

Meio Ambiente é escolhido como tema do PJ Minas de 2020

Defesa da pauta teve como pano de fundo as queimadas no País e o rompimento de barragem em Brumadinho.

Na semana em que foi realizada a Cúpula do Clima da Organização das Nações Unidas (ONU), os participantes do PJMG 2019 escolheram "Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável" como o tema 2020 do projeto de educação política.

A novidade de 2019 foi que, pela primeira vez, os próprios participantes defenderam os temas antes da votação. Além de "meio ambiente e desenvolvimento sustentável", estavam em pauta "saúde mental do jovem" e "jovem no mercado de trabalho".

PJ Minas - O Parlamento Jovem de Minas é um programa de formação política e cidadã criado pela ALMG, em 2004, e realizado por meio da Escola do Legislativo, em parceria com câmaras municipais e escolas públicas e privadas. 

As câmaras que ainda não participam do PJ Minas ainda podem se inscrever para fazer parte da edição 2020 do programa. As inscrições vão até as 23h59 do dia 30 de setembro e devem ser feitas pela internet, preenchendo o formulário disponível no Portal da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG).

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.